Juiz de Fora (MG): confeitaria materializa os sonhos em arte


Adicionar glamour e tornar os produtos da confeitaria artesanal peças icônicas e personalizadas é um segmento que está em constante evolução. O cenário nacional faz uso das tendências internacionais com maestria e também enriquece o setor ao agregar técnicas e layouts próprios.

O segmento tem seus nomes que auferem valor aos doces, a cake designer Carolina Fernandes, em Juiz de Fora (MG), é uma prova do destaque do Brasil no ramo.


O visual da produção artesanal divide o protagonismo com o sabor. Beleza é fundamental na exposição dos deleites que serão apreciados primeiramente com os olhos, portanto, habilidade e conhecimento de técnicas são primordiais para uma apresentação que agrade por completo.

“Tudo começou quando fui dispensada do meu antigo trabalho, depois que minha filha nasceu. Sou engenheira civil e trabalhava 10h / 12h por dia. Procurei uma forma de conciliar a vida profissional e a maternidade, iniciei fazendo os bolinhos de mesversário do meu filho e me apaixonei”, contou.


“Fui aperfeiçoando, fazendo cursos, pesquisando e hoje não me vejo fazendo outra coisa! Eu me reinventei quando conheci essa paixão: a confeitaria!”, acrescentou.

O menu conta com bolos decorados, bolos de casamento /noivado, brownies e uma variedade de personalização que leva o peso da assinatura da Confeitte Doceria Artesanal. Delícias requisitadas pela extrema qualidade presente em cada detalhe.

Confeitaria criativa e afetiva que remete às recordações da infância e transmite plasticidade na materialização dos sonhos.

Contatos:

WhatsApp: (32) 98704-5333 – Instagram: @confeittedoceriaartesanal

Fonte: Deborah Veneziano – Jornalismo Artesanal / Publieditorial

0 Comentários

Deixe um comentário

Informe seu nome!



Seu comentário foi enviado para a moderação!